top of page

Circuito Itinerante Livre de Cinema atende  25 bairros de periferias com sessões gratuitas de cinema independente.

O Circuito Itinerante Livre de Cinema (CILC), promovido pelo Estúdio Entre Olhos, começa no dia 19 de julho, levando sessões públicas, gratuitas e livres de cinema independente a 25 bairros de periferias de Fortaleza. A primeira sessão acontecerá na Associação dos Moradores do Planalto Pici, em comemoração ao aniversário de 34 anos do bairro, onde serão  exibidas produções audiovisuais realizadas por  moradores do bairro em cursos básicos da Rede Cuca - Pici. 

Design sem nome.png

Erick Sousa, diretor de produção da Estúdios EO

4.jpg
3.jpg
1.jpg

"[...] a CILC é um projeto que mapeia os agentes e coletivos de difusão audiovisual da periferias de Fortaleza, fortalecendo projetos comunitários de cineclubes e pontos de exibição. [...]" 

O Circuito  Itinerante Livre de Cinema prevê  o atendimento com sessões de cinema abertas ao público  para 25 bairros de periferias de Fortaleza.


O circuito irá exibir filmes do cenário  independente e de produtoras, realizadores e coletivos comunitários a cada quinze dias, percorrendo os bairros com duas sessões exibindo  curtas-metragens.

Os curtas exibidos são curados a partir do acervo   do coletivo entre olhos de curtas-metragens e a curadoria convidada de artistas  do  cinema e audiovisual cearense para comporem sessões temáticas. 

O projeto é realizado pela Estúdios E O, produtora cultural de impacto social  gestada por  membros do coletivo entre olhos que a dez anos com difusão audiovisual e produção  cultural em periferias do Nordeste  e inicia o  seu circuito no bairro Planalto Pici em parceria com a Associação  dos Moradores do Planalto Pici - Antopi, em comemoração aos 34 anos do bairro. 

Entre os bairros atendidos pelas sessões do circuito estão Itaoca, Itaperi, Planalto Pici, Panamericano, Vila Velha, Pirambu, Vila Pery, Siqueira, Conjunto Ceará, Parangaba, Álvaro Weyne, Antônio Bezerra, Barra do Ceará, Bela Vista, Boa Vista, Bom Jardim, Genibaú, Granja Portugal, Henrique Jorge, Passaré, Sapiranga, Messejana, Jangurussu e Carlito Pamplona. “[...] A cilc é resultado de uma articulação coletiva de agentes culturais, moradores de periferias de Fortaleza, visando o fortalecimento do repertórios dos próprios grupos de exibidores, cineclubistas e grupos de cinema que existem nas periferias de Fortaleza [...]” afirma Erick Sousa, diretor de produção do Circuito de Cinema.

"[...] A sessões exibem curtas-metragens, prioritariamente de  autores cearenses, a  cada quinze dias, iniciando na comemoração dos 34 anos do Planalto  Pici [...]" 

Isadora Santos, produtora cultural  do Estúdios EO e moradora do Planalto Pici

2.jpg

A programação do  dia 19 de Julho de 2024 acontece dentro da comemoração  dos 34 anos do bairro Planalto Pici. São apresentados nas duas primeiras sessões, dois curtas-metragens produzidos por moradores do bairro em formações básicas de audiovisual do Cuca Pici. 

Os filmes da noite de estreia são o "Enigma do Pici" (2023), curta-metragem de direção coletiva o curta-ficção narra uma invasão alienígena de  modo cômico e apresentando paisagens do bairro; A segunda sessão da noite apresenta "A bailarina" com direção coletiva o  curta de suspense apresenta a aparição de um fantasma no Teatro do  Cuca Pici. 

O Circuito Itinerante Livre de  Cinema é realizado com apoio  por meio  da Lei Paulo Gustavo promovido pela Secretaria de Cultura de Fortaleza- Secultfor e atenderá 25 bairros com duas sessões a cada quinze dias. 

As próximas sessões estão  previstas para os dias 03 e 17 de Agosto de 2024 na Praça Mauá no Pan Americano e no Antônio Bezerra.  

  • Instagram
bottom of page